Imprimir Aumentar Fonte Padrão Diminuir Fonte Tamanho da letra:

Riscos Operacionais

Em virtude do mercado acionário ser um mercado de risco e a rede mundial de computadores estar sujeita a interrupções, as negociações realizadas por meio da Votorantim DTVM estão sujeitas aos seguintes riscos:

a) Toda comunicação via rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas.

b) A senha eletrônica configura a assinatura eletrônica do cliente, de escolha e uso exclusivos, pessoal e intransferível, sendo utilizada para contratar operações com a Votorantim DTVM, razão pela qual o cliente responde por sua guarda, sigilo e uso. Valerá como assinatura digital para qualquer transação efetuada e a Votorantim DTVM poderá bloqueá-la quando julgar seu uso como irregular.

c) Os investimentos realizados no mercado acionário por meio da rede mundial de computadores estão sujeitos, entre outros, aos seguintes riscos:

- Sistêmico: Os investimentos realizados por meio da Votorantim DTVM podem ser afetados por condições econômicas gerais, tanto nacionais quanto internacionais, que podem influenciar os preços das ações e das opções em geral.

- Não-sistêmico: Os investimentos em ações ou em opções estão sujeitos a riscos de perda total ou parcial do capital investido, em razão da degeneração da situação econômico-financeira da empresa emissora das ações.

- Liquidez de mercado: Os ativos (ações e opções) podem passar por períodos de menor volume de negócios, dificultando a sua negociação, o que poderá gerar perda significativa em caso de necessidade de venda.

- Oscilação brusca de preços: Os preços das ações e das opções podem sofrer fortes variações, por influência de diversos fatores econômicos e políticos, nacionais e internacionais, ocasionando eventuais perdas, inclusive do valor principal.

- Utilização e interpretação do conteúdo das análises e informações sobre valores mobiliários contidas no site: As informações e análises não garantem ganhos no mercado. As decisões tomadas com base nas análises e informações constantes do site são de responsabilidade do cliente e poderão resultar em perdas.

- Falta de entrega de ativos no prazo estipulado: Nas operações de compra de ações, há risco de a liquidação física (entrega do ativo) não ocorrer no prazo estipulado, em virtude de inadimplemento da contraparte vendedora. A Companhia Brasileira de Liquidação e Custódia (CBLC) conta com procedimentos de recompra que visam, quando possível, disponibilizar o ativo ao investidor.

- Interrupção ou queda do sistema: Toda a comunicação pela rede mundial de computadores (Internet) está sujeita a interrupções, podendo invalidar ordens ou negociações.

- Cancelamento de negócios (leilões): A Bolsa de Valores de São Paulo poderá cancelar negócios previamente realizados e enviar para leilão, conforme procedimentos especiais de leilão constantes da Instrução CVM 168, conforme alterada.

- Cancelamento de negócios pelos órgãos reguladores do mercado: As entidades autorreguladoras, a Comissão de Valores Mobiliários e as Bolsas de Valores têm poderes para cancelar negócios previamente realizados no caso de serem constatadas infrações a dispositivos normativos e legais.

d) Riscos nos Mercados do Segmento BM&F B3: Saiba quais são os riscos envolvidos em operações com derivativos:

Para os contratos futuros, de opções sobre disponível e de opções sobre futuro, destacam-se os seguintes riscos atrelados aos respectivos negócios, que o cliente deve conhecer e aceitar:

O valor das posições em aberto é atualizado diariamente, de acordo com os preços de ajuste do dia estabelecidos conforme as regras da B3.

- Atuando como comprador no mercado futuro, o cliente corre o risco de, se houver uma queda de preços, ter alterado negativamente o valor atualizado da sua posição.
- Atuando como vendedor no mercado futuro, o cliente corre o risco de, se houver uma alta de preços, ter alterado negativamente o valor atualizado da sua posição.
- Em ambos os casos, serão requeridos pagamentos de ajustes diários em dinheiro relativos à variação das posições e, a critério da B3 e/ou da Votorantim DTVM, de margens adicionais.

A venda, a preço de mercado, para o cumprimento de obrigações, dos ativos adquiridos em nome do cliente ou por ele entregues em garantia, inclusive as posições e os valores objeto das obrigações nos mercados.

A manutenção de posições travadas ou opostas numa mesma corretora, tanto no mercado de opções como no mercado futuro, conforme as definições contidas no Capítulo 17 do Manual de Procedimentos Operacionais, sob certas circunstâncias, não elimina os riscos de mercado de seu carregamento.

Atuando como titular no mercado de opções, o cliente corre os seguintes riscos:

- Como titular de uma opção de compra: perder o valor do prêmio pago, ou parte dele, caso o valor intrínseco da opção (diferença entre o preço do ativo-objeto e do exercício, se positiva) seja inferior ao prêmio pago pela opção.
- Como titular de uma opção de venda: perder o valor do prêmio pago, ou parte dele, caso o valor intrínseco da opção (diferença entre o preço do exercício e do ativo-objeto, se positiva) seja inferior ao prêmio pago pela opção.

 Atuando como lançador descoberto no mercado de opções, o Cliente corre risco de prejuízos elevados e ilimitados, diretamente relacionados à elevação do preço do ativo objeto da opção de compra no mercado à vista ou da não elevação do preço do objeto da opção de venda no mercado à vista. Todas as posições em aberto nos mercados futuros e de opções podem ser liquidadas por diferença, mediante a realização de uma operação de natureza inversa (compra ou venda), como forma de realizar lucros, limitar prejuízos ou evitar exercícios. Entretanto, certas condições de mercado podem dificultar ou impossibilitar a execução da operação de natureza inversa no prazo pretendido ou, ainda, quando esta estiver vinculada a uma ordem do tipo limitada, a um preço determinado